Dentre a lista permitida para o desconto no IR, estão os pagamentos a médicos de qualquer especialidade.

Um dos impostos mais famosos do Brasil é o chamado Imposto de Renda. Anualmente, milhões de brasileiros efetuam a sua contribuição referente ao imposto. É bastante importante que o contribuinte esteja atento ao declarar o seu Imposto de Renda, haja vista ser possível declarar algumas despesas e obter descontos como, por exemplo, as despesas de plano de saúde. Saiba como declarar este tipo de despesa na continuação desta matéria.
Vale ressaltar que em sua declaração de Imposto de Renda é possível colocar todos os gastos com saúde relacionados tanto ao seu próprio tratamento, bem como o de dependentes ou alimentandos. É importante destacar que a declaração de tais despesas não possui limite.
 
Esta regra é válida apenas para aqueles que optarem pelo modelo completo. Isso, pois o modelo simplificado prevê um desconto padrão de 20%, dessa forma, limitando a R$ 15.880,89, que acaba substituindo todas as deduções permitidas.
 
Saiba que os gastos relacionados a despesas médica podem ser declarados se obedecerem às regras do Imposto de Renda. Dentre a lista permitida para o desconto no IR, estão os pagamentos a médicos de qualquer especialidade, ou seja: dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e cirurgiões plásticos.
 
Além disso, o contribuinte também poderá efetuar o desconto referente a gastos com planos médicos e hospitais, bem como com exames de laboratório e radiologia, aparelhos ortopédicos e próteses dentárias. No entanto, saiba que você não pode declarar despesas relacionadas a remédios e enfermeiros caso os mesmos não constem na conta emitida pelo hospital.
 
Mas cuidado o contribuinte deverá realizar a declaração das despesas com saúde através da ficha de Pagamentos Efetuados. Um detalhe muito importante é que se a Receita Federal desconfiar de algum gasto declarado, a mesma irá solicitar a comprovação dos gastos realizados e é de extrema importância que o contribuinte tenha todos os comprovantes em mãos. Tais documentos devem contar com os seguintes dados: nome, endereço e número do CPF ou do CNPJ da pessoa ou empresa que recebeu o pagamento.
 
Sobre o Imposto de Renda:
 
No Brasil, o Ministério da Fazenda era o órgão responsável por receber as declarações do Importo de Renda. E criou-se a Secretaria da Receita Federal, órgão que passou a ser responsável pela fiscalização das declarações. Para saber mais sobre o Imposto de Renda.
 
Para aqueles que não sabem, o Imposto de Renda nada mais é do que um imposto que busca deduzir uma parte da renda média anual de uma pessoa física ou jurídica para o Governo Federal. A dedução do Imposto de Renda tem como base as informações financeiras do contribuinte e a tabela estipulada pelo órgão fiscalizador do país. 
 
Fonte da noticia: agencia noticias
 
#planosdesaude #planosmedicos #conveniosmedicos #saudeokplanosmedicos #planodesaude #plano medico