O procedimento médico custa cerca de 20 mil reais na rede médica particular, incluindo internação, exame e medicamentos.

Usuários de planos de saúde têm recorrido à Justiça para garantir o direito previsto na lei  diante da negativa de operadoras de planos médicos em autorizar a realização da cirurgia reparadora de pele após procedimento médico de redução do estômago (cirurgia bariátrica).
 
O procedimento médico custa cerca de 20 mil reais na rede médica particular, incluindo internação, exame e medicamentos.
O que diz a Lei
 
A cirurgia reparadora de pele está prevista na lei apesar de não haver consenso na Justiça sobre a obrigatoriedade do plano de saúde em cobrir o procedimento médico, O direito é garantido em caso de recomendação expressa do médico."
 
No entanto, normas do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Saúde (ANS) preveem o tratamento em determinadas condições.
 
Em julho de 2013 a portaria 425 do Ministério da Saúde regulamentou regras para o tratamento para obesidade. A cirurgia reparadora da pele da barriga pós-cirurgia bariátrica está  entre os procedimentos incluídos,  procedimento chamado de dermolipectomia.
 
A cirurgia também faz parte do rol de procedimentos obrigatórios dos planos de saúde  desde o dia 2 de janeiro de 2014, estabelecido pela Agência Nacional de Saúde (ANS), que regulamenta e fiscaliza a atividade das operadoras de saúde.
 
Porém, a ANS prevê a cobertura obrigatória apenas em casos nos quais o paciente apresente acúmulo de pele no abdome na forma de avental (quando há sobra de pele abaixo do umbigo) e decorrente de grande perda de peso, tanto por conta de tratamento para obesidade ou após cirurgia de redução de estômago.
 
O paciente também deve apresentar uma ou mais complicações, como candidíase, infecções bacterianas devido à escoriações provocadas pelo atrito da pele, odor fétido, hérnias, entre outras.
 
A regra é válida apenas para planos comercializados a partir do dia 2 de janeiro de 1999 ou contratados antes desse período e que tenham sido adaptados à Lei dos Planos de Saúde.
 
Fonte da noticia:exame
 
#planosdesaude #planosmedicos #conveniosmedicos #saudeokplanosmedicos #planodesaude #plano medico