Após a ANS ter encontrado problemas econômico-financeiros no começo do mês foi determinada a transferência de clientes da Unimed Paulistana para outras operadoras 

Todas as operadoras do Sistema Unimed terão de absorver parte dos 737 mil beneficiários da Unimed Paulistana que precisam transferidos para outras operadoras por determinação da ANS a partir desta quinta-feira (1º), no prazo de 30 dias. A medida está prevista em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre ANS, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual de São Paulo, Procon-SP e três operadoras do Sistema Unimed.
O acordo prevê portabilidade sem carência a consumidores de planos individuais e familiares e coletivos empresariais. Os 155,3 mil clientes  poderão escolher entre os produtos ofertados por Central Nacional Unimed, Unimed Fesp e Unimed Seguros.
 
Para receber esses beneficiários, as operadoras registraram quatro novos tipos de planos de saúde: básico - enfermaria com coparticipação; básico - enfermaria; básico - apartamento; e especial - apartamento. Os preços variam de R$ 136,04 a R$ 1.766,53, dependendo do plano e da faixa etária
 
Os consumidores deverão ser informados sobre a mudança em até 20 dias, por carta, com informações sobre os valores dos planos ofertados e a documentação necessária para fazer a portabilidade. Não haverá necessidade de cumprir novos períodos de carência.
 
Leia mais sobre plano de saúde. Aqui
 
Fonte da noticia: A Tribuna
 
#planosdesaude #planosmedicos #conveniosmedicos #saudeokplanosmedicos #planodesaude #plano medico